Informamos que este website será desativado a partir de dia 01/02/2019. Para mais informações contate-nos.

Introdução à Expressão Facial da Emoção

Adicione ao seu Calendário

OBJETIVOS

- Compreender a importância da Expressão Facial da Emoção na comunicação;

- Realçar a importância das competências de reconhecimento e de análise das emoções na face, as suas implicações e aplicações, visando o contributo destas competências na deteção de incongruências emocionais e maior eficácia na interação com os outros;

- Compreender e enquadrar a importância da comunicação não verbal, em particular a Expressão Facial da Emoção;

- Identificar as emoções básicas, microexpressões, macroexpressões e expressões subtis;

- Conhecer o instrumento de avaliação das unidades de ação dos movimentos musculares da face e à sua utilização: FACS (Facial Action Coding System), de Ekman, Friesen & Hager;

- Detetar incongruências emocionais na face;

- Compreender as implicações e aplicações em contexto clínico.

 

DESTINATÁRIOS

A formação Expressão Facial da Emoção em Contexto Clínico destina-se a estudantes universitários de licenciatura e/ou mestrado integrado, bem como a profissionais das áreas das ciências humanas e sociais (psicologia, serviço social, criminologia, sociologia, educação, comunicação e outros) e das ciências da saúde (enfermeiros, médicos e outros).

 

METODOLOGIA DE ENSINO

A formação será expositiva, com recurso a suporte audiovisual e participação ativa do formando. Versará a apresentação e discussão de temas específicos da Expressão Facial da Emoção na interação humana.

 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

•Comunicação não verbal e paralinguagem;
•Emoções versus sentimentos;
•Emoções básicas: identificação e caracterização;
•Variáveis moderadoras: idade, género e cultura;
•Microexpressões, macroexpressões e expressões subtis;
•Demonstração de exemplos práticos para aplicação de conceitos a situações reais.
•Introdução ao instrumento de avaliação das unidades de ação dos movimentos musculares da face: FACS (Facial Action Coding System), de Ekman, Friesen & Hager (2002);
•Empatia e reconhecimento emocional;
•Deteção de incongruências entre o discurso verbal e as manifestações da emocionais na face;
•Contributos da EFE no contexto clínico;
•Demonstração de exemplos práticos para aplicação de conceitos a situações reais.

Gravado com Sucesso.