Este evento já ocorreu.
As inscrições estão fechadas.

Fazer a Vida Valer a Pena

Uma mulher com a sua energia feminina equilibrada é apaixonada, presente no seu corpo, sensual, criativa e conectada com os seus sentimentos. Se algum destes aspetos da vida te falta, não quer dizer que a tua vida no geral corra mal, mas uma coisa é certa, não te sentes completa! A sintonia com a beleza da vida, a vontade de viver, de sentir alegria, prazer, paixão e entusiasmo nasce da energia feminina. Esta é uma energia criativa, cheia de recursos e abundância! Uma mulher com a sua energia mergulhada na resolução de problema e nas preocupações da vida perde a sua vitalidade e capacidade de gerar e transmitir esta energia a si e aos outros. Talvez a grande dificuldade da mulher nos dias de hoje seja saber onde parar. Uma das grandes forças na mulher é a sua capacidade de lidar com vários aspetos da vida ao mesmo tempo. A mulher consegue ser uma verdadeira malabarista dedicando a sua atenção a uma considerável variedade de assuntos diferentes e trazer para o seu mundo o mundo inteiro que a cerca. Esta acaba por ser também uma das suas principais fraquezas, especialmente nos dias de hoje, onde a variedade e quantidade de informação que nos cerca cada vez é mais. Estamos também todos mais conectados e por isso mais perto uns dos outros e a mulher alarga o seu mundo a cada vez mais e mais pessoas, abraçando-as no seu ninho. ※ ※ ※ ※ ※ VAMOS FAZER A VIDA VALER A PENA? Este é um evento para ti se desejas despertar a tua energia criativa e avançar para um novo patamar na tua vida. Se estás cansada de desperdiçar e dissipar a tua energia com os outros e queres aprender como viver mais presente em ti e num estado geral de apreciação, por ti e pela vida. NESTE EVENTO VAIS TAMBÉM APRENDER: → As duas "ratoeiras" da energia feminina que levam a mulher a auto prejudicar-se. → As três principais emoções que impedem a mulher de ser feliz. → Como usar o movimento do corpo para aumentar a criatividade, intuição e inspiração. ※ ※ ※ ※ ※
Gravado com Sucesso.