Curso Psicologia Pediátrica: A doença crónica na infância e adolescência

Psicologia Pediátrica: A doença crónica na infância e adolescência

Destinatários: Estudantes de Psicologia, Psicólogos, Educadores de Infância, Enfermeiros e outros profissionais de saúde e/ou educação e serviço social. Pais de crianças com doenças crónicas, público em geral com interesse na temática.

Tipo de Acção: Cursos
Duração: 8 horas
Local: Porto

 

AddThis Sharing Buttons
Share to FacebookShare to TwitterShare to ImprimirShare to Mais...

Calendário: 28-09-2016 a 29-09-2016

Horário: 18:30-22:30

Preço: 40 €

Data limite de inscrição: 26-09-2016

Objetivos:

No final do workshop, pretende-se que os formandos:

Adquiram conhecimentos relativos aos conceitos base no domínio da Psicologia Pediátrica;
Conheçam as diversas  fases que definem a evolução da doença ao longo da infância e suas implicações para a compreensão que a criança tem da realidade;
Compreendam os aspetos centrais da doença crónicas na infância e na adolescência;
Conheçam de que modo se processa adaptação à doença crónica pediátrica, os sentimentos e as problemáticas subjacentes;
Tomem conhecimento das variáveis suscetíveis de influenciar o processo de adaptação à condição de doente crónico na infância: variáveis internas da criança, do contexto familiar e inerentes a outras condições do meio envolvente;
Reconheçam as implicações psicossociais envolvidas em casos de doença crónicas pediátrica;
Percebam e dominem diferentes perspetivas da doença crónica pediátrica. Para além da perspetiva da própria criança, é esperado que os formandos compreendam a vivência parental bem como as integrações da criança no contexto escolar e grupo de pares;
Dominem como se processam os cuidados de saúde na infância, adquirindo assim estratégias de intervenção adequadas.

 

Conteúdos:

A psicologia Pediátrica - conceitos base;
A evolução da conceção de doença durante a infância;
A doença crónica na infância e na adolescência - introdução à problemática e sua prevalência;
O conceito de adaptação e a sua evolução;
Variáveis influenciadoras do processo de adaptação - a criança, a família e o meio envolvente;
A doença crónica na infância e suas implicações do ponto de vista psicossocial;
Diferentes perspetivas da doença crónica pediátrica:

A vivência parental;
A criança com doença crónica - o contexto educacional, os pares e a integração escolar;

Os cuidados de saúde na infância: compreender para intervir. 

 

Formadora: Rita Raínho

Mestre em Psicologia Clínica e da Saúde pela Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto (FPCEUP). Formadora certificada pelo IEFP.
Estágio N’O Fio de Ariana - Educação e Terapia, CRL. Prática clínica centrada na avaliação e Intervenção Psicológica com crianças e adolescentes, Orientação Escolar e Profissional, Intervenção Psicoeducativa nas Dificuldades de Aprendizagem. Colaboração com Academia de Estudo e Artes (Paranhos-Porto).
Dissertação de Mestrado no âmbito da adoção, intitulada “Começou há dois anos… a primeira etapa do ciclo vital na família por adoção”, cujo artigo cientifico se encontra em fase de preparação para submissão a revista da especialidade.
Membro do “Webs of Meaning Reserch Group”, grupo de investigação científica no âmbito da adoção, desenvolvido na FPCEUP e coordenado pela Professora Doutora Margarida Rangel Henriques.

Gravado com Sucesso.