Este evento já ocorreu.
As inscrições estão fechadas.

CURSO PRÁTICO EM BALÍSTICA FORENSE 13ª Edição

COORDENAÇÃO PEDAGÓGICA

Drª Adélia Magalhães


DESTINATÁRIOS

Finalistas de licenciatura e profissionais das áreas de Psicologia, Criminologia, Direito, das Ciências Sociais e da Saúde, áreas afins ou equivalente legal; militares, polícias e outros profissionais da carreira judiciária.

COMPETÊNCIAS A ADQUIRIR

• Capacidade de compreender os princípios básicos da balística interna, balística intermédia ou de transição e balística externa.
• Adquirir competências de identificação das principais tipologias de armas de fogo; de munições e seus componentes.
• Competências teóricas dos princípios básicos da balística forense enquanto instrumento de investigação criminal.
• Desenvolvimento da capacidade do manuseamento de armas de fogo


OBJETIVOS GERAIS E ESPECIFÍCOS
• Este curso tem como objetivo dotar os profissionais de conhecimentos básicos sobre a balística nas suas várias dimensões.
• Capacitar os profissionais ao nível do funcionamento básico de uma arma de fogo e a evolução das mesmas, bem como reconhecer os vários tipos de fecho ao longo dos tempos.


METODOLOGIA DE ENSINO

• O curso será organizado numa perspetiva teórico-prática, com suporte audiovisual e participação ativa do formando, com incidência na apresentação e discussão de temas específicos de Balística Forense.
• A formação prática terá um carácter demonstrativo.


METODOLOGIA DE AVALIAÇÃO

• Assistência e participação mínima de 75% da duração do curso.
• Teste online no final do curso.


CERTIFICADO

O Certificado de Formação Profissional é emitido sempre que os formandos atinjam os objetivos pedagógicos que figuram no programa do curso de formação.
Os formandos terão de frequentar pelo menos 75% do número total de horas da formação.
O formando terá direito a dois certificados:
O certificado de formação profissional que é emitido através do SIGO, tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho.
O certificado científico que é reconhecido pelo Conselho Técnico-Científico do Instituto CRIAP.

 

 

Gravado com Sucesso.