MBA EM GESTÃO JURÍDICO-EMPRESARIAL

Adicione ao seu Calendário

MBA em Gestão Jurídico-Empresarial

INSCRIÇÕES ABERTAS
Entidade Formadora Certificada pela DGERT

1.Cognos Formação e Desenvolvimento Pessoal
Site: www.cognos.pt
Telefone: 220965669 ou 910415337
Em qualquer parte em formato e-Learning

2. DESTINATÁRIOS
 Licenciados nas áreas da gestão, administração, economia, direito ou áreas que cujas funções exijam conhecimentos relacionados com a gestão jurídico empresarial.

 Outros profissionais interessados, com habilitações mínimas de Licenciatura que pretendam vir a investir profissionalmente na gestão empresarial.

3. OBJETIVOS

• Desenvolver competências aplicadas ao exercício qualificado da gestão júrídico empresarial, nas grandes, médias, pequenas e micro organizações;

• Identificar e classificar os atos de comércio, assim como os sujeitos jurídico-comerciais, compreendendo a escrituração mercantil, e a forma como se responsabiliza as dívidas comerciais entre cônjuges;

• Distinguir os critérios de diferenciação de cada tipo legal societário, assim como a responsabilidade que recai sobre os seus sócios;

• Compreender e definir os estabelecimentos comerciais, assim como, identificar os negócios jurídicos que incidem sobre os mesmos;

• Identificar as fontes de Direito Cambiário, e assimilar os procedimentos relativos ao Saque, Endosso e ao Aval de um título de Crédito;

• Identificar os elementos essenciais do Contrato de Trabalho, desde a sua formação até à cessação do mesmo, bem como, as consequências do incumprimento do referido Contrato;

• Compreender os princípios do Direito Contratual, identificando as características de determinados tipos de contrato;

• Identificar as várias Garantias Obrigacionais, assim como caracterizar o regime e a natureza jurídica de cada uma;

• Compreender o processo de insolvência singular e empresarial, bem como os princípios que os distinguem;

• Adquirir e aprofundar conhecimentos sobre os tipos de sociedades comerciais, direito da concorrência e bancário;

• Interpretar e discutir bibliografia científica relevante para a área da pós-graduação.


4. PLANO CURRICULAR

 Módulo 1 - CIÊNCIAS JURÍDICAS COMERCIAIS: DIREITO COMERCIAL I (30 horas)

 Módulo 2 - CIÊNCIAS JURÍDICAS: DIREITO COMERCIAL II (35 horas)

 Módulo 3 - ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS E EMPRESARIAIS (20 horas)

 Módulo 4 - OBRIGAÇÕES CAMBIÁRIAS: TÍTULOS DE CRÉDITO (20 horas)

 Módulo 5 - DIREITO DO TRABALHO E DAS EMPRESAS (25 horas)

 Módulo 6 - CONTRATOS: PERSPETIVA JURÍDICA LEGAL (20 horas)

 Módulo 7 - GARANTIAS: TIPOS DE GARANTIAS NOS CONTRATOS OBRIGACIONAIS (20 horas)

 Módulo 8 - IRS:IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DE PESSOAS SINGULARES (20 horas)

 Módulo 9 - IRC:IMPOSTO SOBRE O RENDIMENTO DE PESSOAS COLECTIVAS (20 horas)

 Módulo 10 - FISCALIDADE: EXECUÇÃO TRIBUTÁRIA (30 horas)

 Módulo 11 - INSOLVÊNCIA EMPRESARIAL (30 horas)

 Módulo 12 - INSOLVÊNCIA SINGULAR (20 horas)

 Módulo 13 - SOCIEDADES: PERSPETIVA JURÍDICA (20 horas)

 Módulo 14 - DIREITO DA CONCORRÊNCIA (20 horas)

 Módulo 15 - DIREITO BANCÁRIO NO ÂMBITO DAS EMPRESAS (20 horas)


5. CERTIFICADO

No final da formação os formandos aprovados  receberão 2 Certificados:

•Certificado emitido pela Cognos, que descreve detalhadamente os objetivos gerais, conhecimentos e competências adquiridas, plano curricular, avaliação obtida e metodologia de avaliação;

•Certificado de Formação Profissional emitido através da plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa) coordenado pelo GEPE-Ministério da Educação e Ciência, tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho.

O Certificado de Formação Profissional de Pós-Graduação é emitido sempre que os formandos atinjam uma classificação final igual ou superior a 10,00 valores. A emissão é realizada através da plataforma SIGO (Sistema de Informação e Gestão da Oferta Educativa e Formativa) coordenado pelo GEPE-Ministério da Educação e Ciência, tal como previsto na Portaria nº 474/2010, de 8 de Julho.

 O certificado emitido é válido para a obtenção de créditos (ECTS), na candidatura a um Mestrado ou Doutoramento, ao abrigo do Tratado de Bolonha. Nos termos do disposto no artigo 45.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março, alterado pelo Decreto-Lei n.º 107/2008, de 25 de Junho, retificado pela Declaração de Retificação n.º 81/2009, de 27 de outubro, e Decreto Lei n.º 115/2013, de 7 de agosto, com republicação, tendo em vista o prosseguimento de estudos para a obtenção de grau académico (Mestrado ou Doutoramento), os estabelecimentos de ensino superior poderão creditar ECTS de acordo com o regulamento de creditação de formação, vigente em cada instituição de ensino superior.

 O certificado emitido pode também ser considerado para efeitos de valorização da candidatura num concurso público ou privado, de acordo com o regulamento específico do concurso.

Gravado com Sucesso.